Colesterol Bom: entenda mais sobre o HDL e os ácidos graxos

colesterol bom azeite de oliva etra virgem batatas ao murro

O Colesterol Bom e a sua importância na saúde

E ai pessoal tudo bem? Hoje nós vamos falar sobre um assunto muito importante. Depois de vários textos sobre dietas e como deve ser a alimentação, agora falaremos sobre o nosso corpo. Você já deve ter lido em outros posts a gente falando sobre o tal do perfil lipídico. O perfil lipídico nada mais é que um exame de sangue que dosa quantitativamente alguns lipídeos (gorduras) presentes em nossa corrente sanguínea. Dentre deles, uma dosagem feita é do HDL, que será nosso assunto de hoje.

O HDL, mais conhecido como colesterol bom, é necessário para a manutenção de nossa saúde. A recomendação é que esteja sempre acima de 40mg/dL. O colesterol bom é importante para o corpo, pois atua na retirada das moléculas de gordura do sangue.  Ou seja, evita o acúmulo de gordura nos vasos e artérias, prevenindo infarto e doenças como aterosclerose.

A aterosclerose ocorre quando se formam placas de gordura nas artérias. Devido a essa formação ocorre um estreitamento do vaso sanguíneo, assim o sangue encontra mais resistência para conseguir passar, podendo provocar até ruptura das artérias/vasos. 

Por isso, mesmo que em dietas restritivas, sempre devemos estar atentos em relação ao consumo de gorduras. O corpo precisa que o HDL esteja dentro do nível esperado para evitar doenças cardiovasculares, a baixa concentração do colesterol é tão preocupante quanto a alta concentração dos demais níveis de gordura no sangue.

Com equilíbrio  podemos encontrar uma maneira de colocar a presença de alimentos que possuam a gordura correta que devemos consumir. Evitando sempre alimentos ultraprocessados e optando por alimentos naturais.

Leia mais: por quê a low carb é a dieta queridinha do momento?

Colesterol: quais seus tipos e suas diferenças

Sabia que nós temos diferentes tipos de colesterol em nosso corpo? A seguir vamos entender um pouco de cada um:

Colesterol LDL

Conhecido como o colesterol ruim. É considerado alto quando seus valores passarem de 130mg/dl. Quando seus níveis estão alterados, ocorre o depósito de gordura nos vasos sanguíneos.  Aliás, este assunto é muito importante! Mas não se preocupe, já está na nossa programação um texto inteirinho para falar do colesterol ruim. Iremos trazer muita informação a respeito do colesterol ruim.

colesterol bom peixe assado azeite
Peixes magros são sempre uma boa opção para consumir gorduras de qualidade

Colesterol VLDL

O colesterol VLDL transporta os triglicerídeos (combinação de glicerol com ácidos, principalmente ácidos graxos) e também aumenta o risco de doenças cardíacas. Sua recomendação ideal é que seu nível esteja até 30mg/dl.

Colesterol Total

Seus valores não devem ultrapassar os 190mg/dl. Ter o colesterol total alto representa um risco elevado de doenças cardiovasculares. Seu total é encontrado mediante a soma do HDL, LDL e do VLDL. Caso os valores totais estejam acima de 190, devemos notar se os valores do LDL estão normais, se estiverem altos, existe a necessidade de ajustar a alimentação.

Já se o HDL estiver alto, é um sinal bom, porém os exames devem ser feitos regularmente e devemos sempre manter uma rotina saudável.

 

 

COLESTEROL BOM OU ÁCIDOS GRAXOS?

Ácidos graxos, são substâncias orgânicas que podem ser encontrados em temperatura ambiente na forma de líquido, sólido e semi-sólido. Dentro da nossa alimentação o que mais ouvimos é sobre o ácido graxo saturado e o insaturado.

Esses ácidos graxos estão diretamente ligados a alimentação e ao nosso perfil lipídico, por isso vamos explicar um pouco sobre a diferença de cada um:

Ácido graxo saturado

Também chamado de gordura saturada, normalmente encontrado em forma sólida, é mais comum em fontes animais. A principal característica estrutural dos ácidos graxos saturados é que eles possuem uma cadeia carbônica que apresenta somente ligações simples entre os seus carbonos. É encontrado em carnes, queijos amarelos, creme de leite, manteiga, ovos entre outros. Fugindo a regra também e encontrado em óleo de coco e óleo de palma.

Devemos nos preocupar com a ingestão dessa gordura, pois ela está diretamente ligada a alta concentração de LDL no sangue.

Ácidos graxos insaturados

Também conhecido como gordura insaturada, normalmente é encontrada na forma liquida e é mais comum encontrado em alimentos de origem vegetal. A sua principal diferença em relação aos ácidos graxos saturados reside no fato deles possuírem uma ou mais ligações duplas em sua cadeia de carbonos. 

Quando o ácido apresenta somente uma dupla ligação em sua cadeia de carbono é chamado de monoinsaturado. Agora, caso apresente duas ou mais duplas ligações, é conhecido como ácido graxo poli-insaturado.

 

Essa substância não e sintetizada em nosso organismo, com isso é absolutamente necessário que haja a correta ingestão de alimentos que são fontes dessa ácido graxo. Para termos no funcionamento correto do nosso corpo, sobretudo na hora dele realizar tarefas como o transporte de outras gorduras dentro de nosso corpo e a manutenção da integridade das membranas celulares.

O consumo de ácidos graxos está ligado diretamente com os níveis de HDL, por isso é bom consumir os seguintes alimentos:

Azeite de oliva, óleo de milho, óleo de canola, castanha do pará, amêndoas, sementes de linhaça,  abacate entre outros.

Como dito anteriormente, sua principal fonte são os vegetais. Em alguns casos, também pode ser encontrado em alguns peixes como o salmão, por exemplo. Este é um peixe rico em omega 3, um ácido graxo poli-insaturado importantíssimo para a manutenção da saúde neurológica no corpo humano.

Lembrando que sempre que todos os alimentos devem ser consumidos em quantidades adequadas e com muito equilíbrio!

COLESTEROL BOM BAIXO: QUAL O IMPACTO?

O principal perigo do HDL estar com seu níveis baixos é que não apresenta sintomas. Por isso é necessário manter sempre os exames em dia e consultar um médico especializado, para sempre acompanhar como anda sua saúde.

Alguns fatores que podem causar a baixa do HDL são: excesso de gordura abdominal, falta de atividade física regular e consumo excessivo de alimentos ricos em gorduras ruins, como frituras, fastfood entres outros.

Quando o corpo está com o colesterol HDL baixo, aumentam os riscos de doenças cardiovasculares como infarto, AVC e doença coronariana. Se aliado a alta do colesterol LDL os riscos aumentam mais.

Não existem medicações eficientes para aumentar o colesterol HDL baixo, portanto isso deverá ser feito através de uma mudança na dieta e no estilo de vida. Tanto na alimentação quanto na rotina de exercícios.

DIETA EQUILIBRADA

É importante sempre buscar uma alimentação equilibrada. Devemos sempre ter nossos momentos de prazer e consumir por alguma refeição que não seja a mais adequada – afinal, McDonalds de vez em quando não faz mal!

O importante é ter a consciência que para termos uma vida saudável, é imprescindível que tenhamos cuidado com o nosso corpo, pois envelhecer com saúde é incrível!

Agora que vimos um pouco sobre o HDL, colesterol bom. Convido vocês para ficar de olho nos próximos textos, onde iremos conversar sobre o vilão, o LDL, colesterol ruim.

Qual sua receita favorita? Boas gorduras sempre são encontradas em alimentos naturais. A dica de hoje é este clássico da nossa culinária que é uma D E L I C I A!

RECEITA DO DIA: SALMÃO GRELHADA COM PURÊ DE MANDIOQUINHA

colesterol bom salmão pure mandioquinha
Fonte: Pinterest

INGREDIENTES:

Salmão grelhado:

2 postas de salmão ( temperar com limão, pimenta e sal)

Purê de mandioquinha:

400g de mandioquinha

1 de creme de leite fresco

1 xícara  de leite

Para tempero noz moscada, alho, sal e manteiga)

Azeite de oliva

MODO DE PREPARO

1- Em uma panela com água quente e sal adicione as mandioquinhas picadas. Deixe cozinhar até amolecer (aproximadamente 20 minutos). Escorra e esmague com um garfo.

2- Em uma panela regue um fio de azeite. Acrescente a mandioquinha espremida, o creme de leite fresco, o leite, e tempere com noz moscada, a manteiga e uma pitadinha de sal. Misture

3- Para o salmão: Tempere as duas postas com suco de limão, sal e pimenta do reino dos dois lados.

4- Em uma frigideira antiaderente bem quente eu coloco a posta de salmão. Quando dourar já posso virar para dourar do outro lado.

5- No prato de servir coloque uma boa porção do purê e uma posta de salmão por cima. Decore com folhinhas de tomilho e sirva a seguir

Essa é uma boa dica pra consumir ácido graxos insaturados, com o uso do salmão e do azeite. Além de ser um prato fabuloso para oferecer aos convidados.

Até semana que vem!

One thought on “Colesterol Bom: entenda mais sobre o HDL e os ácidos graxos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, quer fazer seu pedido?