Antioxidantes: o que são, benefícios e em quais alimentos encontrar

Antioxidantes: o que são, benefícios e em quais alimentos encontrar 1

Ao procurar por uma dieta mais saudável, não é difícil encontrar alguém falando sobre os antioxidantes. Não é à toa, visto que eles têm uma grande importância para a saúde!

Descubra o que os antioxidantes fazem em nosso organismo e onde encontrá-los: 

O que são os antioxidantes?

Os antioxidantes atrasam, e em alguns casos até inibem, a oxidação das células, combatendo a ação dos radicais livres. Ou seja. os antioxidantes protege o organismo dos radicais livres!

Mas o que é, afinal, essa substância prejudicial para a saúde?

Os radicais livres são átomos e moléculas oxidantes encontradas em nosso corpo e, na verdade, são essenciais para o bom funcionamento do organismo. Porém, quando são formados em excesso, eles passam a oxidar células saudáveis. É aí que mora o perigo!

Eles podem acarretar no envelhecimento precoce e enfraquecer o sistema imunológico, além de causar e agravar doenças neurodegenerativas e crônicas. Em alguns casos, eles até oxidam o DNA, modificando a estrutura do DNA e podendo causando câncer.

O nosso organismo produz radicais livres naturalmente, através da respiração celular, por exemplo. Entretanto, há fatores externos que aumentam a formação dessas moléculas. São eles:

  • Poluição;
  • Radiação solar;
  • Agrotóxicos;
  • Tabaco;
  • Álcool;
  • Estresse;
  • Consumo excessivo de gorduras;
  • Aditivos químicos, como corantes, em alimentos e bebidas.

A atividade física intensa também pode causar um aumento na formação de radicais livres, visto que durante o exercício há mais oxigenação em todo o organismo.

Os radicais livres são um baita problema, mas não precisa se preocupar. Os antioxidantes estão aí para evitar que eles causem danos às nossas células!

Benefícios de antioxidantes

Já vimos que os antioxidantes desaceleram e até inibem a ação dos radicais livres em nosso organismo. 

Por isso, consumir antioxidantes através da alimentação diária traz diversas vantagens para a saúde. Entre os benefícios, estão:

  • Auxilia na regeneração celular;
  • Protege a pele da radiação solar;
  • Mantém o sistema imunológico forte;
  • Previne doenças cardíacas e crônicas;
  • Previne doenças neurodegenerativas, como o Parkinson e o Alzheimer;
  • Diminui a incidência de câncer;
  • Auxilia na circulação sanguínea;
  • Mantém a pele jovem e sem linhas de expressão.

De forma geral, tudo que os radicais livres causam de prejudicial em nosso corpo, os antioxidantes podem reparar ou prevenir! Por isso, eles são extremamente importantes para a saúde.

Quais alimentos têm antioxidantes?

O nosso organismo consegue produzir naturalmente algumas enzimas que combatem os radicais livres. Porém, a eficácia desse método acaba diminuindo ao longo dos anos.

Por isso, o mais indicado é combater os radicais livres através da alimentação!

É possível consumir antioxidantes através de suplementos e cápsulas, comercializadas em mercados e farmácias. Mas o melhor antioxidante é aquele natural, consumido por meio de alimentos.

Há diversos tipos de antioxidantes, cada um atuando de forma diferente. Nós separamos os principais e em quais alimentos eles podem ser encontradas. Confira:

Vitamina A

A vitamina A consegue se combinar com alguns radicais livres, evitando que causem danos às células saudáveis. Ela pode ser tanto de origem animal (retinol) ou de origem vegetal (provitamina A).

Ela é encontrada em alimentos como: fígado bovino e de frango, ovos, atum fresco, cenoura, mamão, manga, espinafre e abóbora.

Vitamina C

A vitamina C, também chamada de ácido ascórbico, é um antioxidante que reage com os radicais livres em meio aquoso. Está presente em diversas frutas cítricas, como laranja, limão e mexerica, além de outras frutas como morango, acerola, caju, kiwi, carambola e mamão.

Ainda, essa vitamina pode ser encontrada em vegetais como o brócolis, pimentão, batata, tomate e espinafre.

Esses alimentos devem ser consumidos o mais frescos possível. Isso porque a vitamina C é uma substância que oxida com facilidade, o que faz com que perca suas propriedades.

Vitamina E

Capaz de reduzir a oxidação causada pelos radicais livres, a vitamina E pode ser encontrada em óleos vegetais, cereais, sementes, oleaginosas (amendoim, amêndoa, nozes, castanhas, etc.), abacate, espinafre e rúcula. 

Selênio

O selênio atua em conjunto com a vitamina E no combate aos radicais livres. Ele é um mineral presente no solo, por isso, a quantidade de selênio em um alimento varia de acordo com o solo em que ele foi produzido.

Em geral, esse mineral é encontrado na castanha-do-pará, feijão, farinha de trigo, arroz, alho e repolho.

Zinco

Este mineral ajuda a diminuir a geração dos radicais livres, prevenindo que eles causem danos às células. O zinco pode ser encontrado tanto em peixes, frutos do mar, carnes vermelhas, amendoim e sementes de abóbora.

Betacaroteno e Licopeno

Ambos são corantes naturais presentes nas frutas e vegetais. Eles conseguem “roubar” os elementos oxidantes da corrente sanguínea, reduzindo o dano dos radicais livres. Ainda, se transformam em vitamina A dentro do organismo.

O betacaroteno e o licopeno podem ser encontrados em vegetais laranjas, vermelhos e amarelos, como por exemplo o tomate, cenoura, abóbora,  melancia, mamão, goiaba, damasco. Além disso, eles se encontram nos vegetais verde-escuros.

Resveratrol

Principalmente encontrado na semente e na casca de uvas vermelhas e pretas, o resveratrol é um antioxidante muito eficaz.

Ele pode ser encontrado, também, na amora, cranberry, mirtilo, amendoim, cacau e, é claro, no vinho.

Quercetina

A quercetina consegue eliminar os radicais livres do nosso organismo, prevenindo os danos que causam. Ela pode ser encontrada em alimentos como a maçã, cereja, cebola, alcaparras, 

Antocianina

Este tipo de antioxidante impede a produção de radicais livres. A antocianina está presente em alimentos como açaí, ameixa, jabuticaba, ameixa, amora, repolho-roxo e berinjela.

 

São vários alimentos, não é? Alguns deles contam, inclusive, com mais de um tipo de antioxidante. Por isso, não tem desculpa na hora de montar o prato!

Lembrando que de nada adianta comer os alimentos citados aqui em excesso. É preciso de uma dieta balanceada e rica em nutrientes para aproveitar ao máximo os efeitos benéficos dos antioxidantes. Diversifique o quanto puder, priorize os alimentos in natura e evite ao máximo os alimentos industrializados!

Acompanhe o blog da VIPfood para mais dicas e conteúdos sobre alimentação saudável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, quer fazer seu pedido?