9 alimentos que devem ser evitados na gravidez

9 alimentos que devem ser evitados na gravidez 1

Durante a gravidez a mulher precisa mudar vários de seus hábitos, inclusive a alimentação. Neste período, a gestante deve evitar uma série de alimentos que podem trazer complicações tanto para ela quanto para o bebê.

Neste artigo, separamos alguns dos principais alimentos que devem ser evitados durante a gravidez. Veja a seguir quais são eles:

Carnes cruas

As carnes cruas e mal passadas devem ser evitadas em todo o período da gestação. Elas podem apresentar bactérias e parasitas que, ao serem consumidos, causam intoxicações alimentares e doenças infecciosas, como a toxoplasmose.

Além de apresentar riscos para a mulher grávida, a toxoplasmose pode causar diversas complicações durante a gestação, interferindo no desenvolvimento do bebê e podendo levar ao aborto.

Por isso, é importante comprar a carne de um fornecedor de confiança e cozinhá-las por completo. E, sempre que for comer fora de casa, certifique-se de que a carne esteja bem passada.

Os peixes crus, como sushi e sashimi, também devem ser evitados durante os 9 meses de gravidez.

Peixes com mercúrio

Em geral, os peixes são indicados para as grávidas devido às suas propriedades nutricionais benéficas. Porém, há aquelas espécies que contam com uma alta concentração de mercúrio, o que pode prejudicar o desenvolvimento do sistema nervoso do feto.

Os peixes que podem conter mercúrio e que devem ser evitados pelas gestantes são: tubarões, atum, garoupa, marlin e peixe-espada.

O modo de preparo do peixe também é muito importante. Para evitar infecções e demais complicações, é preciso cozinhá-los por completo e dar preferência para aqueles que foram congelados antes do preparo.

Frutos do mar

Os frutos do mar, como camarões, lagostas e mariscos, apresentam um grande risco para as grávidas, porque eles são facilmente contaminados por bactérias e parasitas.

Enquanto para outras pessoas ingerir esses patógenos pode causar apenas um desconforto no estômago ou uma leve intoxicação alimentar, em gestantes o quadro pode ser mais complicado.

Por isso, é melhor ficar longe dos frutos do mar durante a gravidez. E, se você optar por consumir, verifique se o alimento foi bem higienizado e de que a carne foi cozinhada por completo!

Frutas e vegetais mal lavados

As frutas e vegetais devem fazer parte da dieta diária da gestante para garantir a ingestão de todos os nutrientes necessários. Porém, é preciso ter atenção à higienização deles.

Quando mal lavados, esses alimentos podem apresentar bactérias, fungos e agrotóxicos que são prejudiciais para a saúde da mãe e do bebê.

Por isso, ao comprar frutas e vegetais, é importante lavá-los muito bem com água e sabão. Além disso, ao comer em restaurantes, é preciso se certificar de que a comida é higienizada antes do preparo.

Ovos crus

O ovo cru ou mal cozido pode contar a bactéria Salmonella, que causa diversas complicações tanto para a mãe quanto para o bebê.

No caso da gestante, a bactéria provoca diarreia, náuseas, vômitos e febre. E, ao entrar em contato com o feto, ela pode causar má-formação e até mesmo um aborto espontâneo. 

Então, sobremesas, temperos e molhos caseiros com ovos crus devem ser evitados pelas grávidas.

Alguns alimentos comuns que levam ovos crus na receita são a maionese caseira, molho Caesar e gemada.

Leite não pasteurizado

O leite não pasteurizado é o leite ordenhado, que não passa pelo processo de pasteurização, responsável por destruir microorganismos presentes na bebida.

Apesar de muitas pessoas argumentarem que essa versão da bebida faz bem para a saúde, as gestantes devem passar bem longe do leite não pasteurizado.

Isso porque ele pode conter bactérias, fungos e outros patógenos que causam diarreias, vômitos e mal estar.

Além disso, esses microorganismos podem causar doenças infecciosas, má formação do feto, parto prematuro e, em casos mais extremos, aborto.

As gestantes devem evitar também demais laticínios não pasteurizados.

O ideal é sempre consultar o rótulo antes de comprar qualquer leite e derivados para verificar se eles passaram pelo processo de pasteurização.

Cafeína

A cafeína deve ser evitada durante a gravidez, porque ela pode causar complicações para o feto, como má formação e baixo peso ao nascer.

Além disso, em excesso, a substância pode causar parto prematuro e aborto espontâneo.

Porém, a cafeína não precisa ser cortada completamente da dieta da gestante: basta consumir com moderação!

Alguns especialistas recomendam um consumo diário de até 300mg de cafeína, cerca de duas a três xícaras de café.

E, ao contrário do que muitos pensam, a cafeína não está presente somente no café. A substância pode ser encontrada chás escuros, energéticos e chocolates.

Por isso, a gestante deve evitar também consumir esses alimentos em excesso.

Bebidas alcóolicas

Pode parecer uma afirmação óbvia para algumas pessoas, mas as bebidas alcoólicas devem ser evitadas completamente durante a gestação.

Isso porque o feto não é capaz de eliminar o álcool, visto que seus rins e fígado ainda estão em fase de formação.

Assim, se a gestante consome bebidas alcoólicas, a substância se acumula no organismo do bebê. Isso pode gerar problemas de desenvolvimento no feto, atraso mental e problemas cardiovasculares, além de poder causar parto prematuro e aborto.

O álcool deve ser evitado durante o período de amamentação também.

Temperos fortes

Temperos como pimenta, gengibre e curry podem causar enjoos, azia, diarreia e desconfortos durante a gestação.

A gestante pode até consumir essas especiarias, mas é preciso moderação para não causar essas complicações.

Além disso, é preciso se atentar aos temperos industrializados, pois eles têm grandes quantidades de conservantes e sódio. Quanto mais natural for o tempero, melhor.

Com relação à canela, é preciso evitá-la ao máximo durante a gravidez, principalmente o seu chá. Isso porque a canela causa contrações no útero, o que pode levar a abortos espontâneos e partos prematuros.

 

Confira mais artigos no blog da VIPfood para ficar por dentro de tudo sobre alimentação saudável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, quer fazer seu pedido?