Antioxidantes

Antioxidantes 1

Olá pessoal! Feliz ano novo, que 2019 seja um ano maravilhoso para todos nos e que possamos continuar sempre aprendendo!

O tempo tem passado muito rápido não é mesmo? 2018 passou rapidinho.

Pensando nesse tempo que voa, vamos falar hoje sobre antioxidantes! Sabe o que eles fazem? Combatem o envelhecimento, uma maravilha contra esse tempo que tem voado!

Mas pera lá, o que são antioxidantes? Onde eles estão? Como vamos achá-los?  Vem cá que eu conto tudo pra vocês, tim tim por tim tim.

Radicais livres

Inicialmente, para entendermos a ação dos antioxidantes devemos primeiro entender o que são os radicais livres.

No nosso corpo os radicais livres são produzidos durante a queima do oxigênio utilizado para converter os nutrientes dos alimentos absorvidos em energia.  O tempo todo ocorre a produção de radicais livres no nosso organismo, esses mesmos danificam as células sadias do nosso corpo. O lado bom é que a fisiologia é linda! Então nosso corpo produz enzimas protetoras que reparam 99% dos danos causados pela oxidação dos radicais livres. Ou seja, o nosso metabolismo consegue controlar o nível desses vilões que são produzidos no organismo.

Mas o problema é que não só de restos metabólicos esses radicais livres são feitos, fatores externos contribuem para o aumento da formação dos mesmos.  Alguns exemplos desses fatores são:

  • Poluição do meio ambiente
  • Cigarro, Álcool,
  • Substâncias de alimentos processados (aditivos químicos)
  • Consumo de gorduras saturadas
  • Estresse

E agora? Os radicas livres são nocivos a minha saúde?

Em geral, se os radicais livres estiverem em níveis normais, o corpo mesmo consegue resolver todo o problema. Mas caso essa molécula esteja em excesso no seu corpo, ela pode se tornar tóxica.

E quando se torna tóxico os radicais livres contribuem para o surgimento de uma série de problemas de saúde, desde o enfraquecimento do sistema imunológico até o envelhecimento.

ATENÇÃO: em casos mais sérios podem surgir distúrbios mais sérios como artrite, arteriosclerose, catarata etc.

Agora que já estamos sabendo da seriedade que é o acúmulo dessas moléculas no nosso corpo, o que queremos saber? Como nos livramos dela! É simples.

ANTIOXIDANTES

Os antioxidantes agem de outras formas contra os radicais livres, impedindo que eles ataquem as células e as lesionem. Ainda reparam os danos causados por essas moléculas, reconstituindo as células danificadas.

Os antioxidantes podem ser encontrados nos alimentos naturais, nos suplementos de vitaminas e minerais, e nos cremes de beleza e anti-idade. No entanto, os suplementos de antioxidantes, assim como qualquer outra suplementação, devem ser aconselhados pelo médico ou pelo nutricionista.

Existem dois tipos de antioxidantes:

  • Endógenos: são enzimas produzidas naturalmente pelo organismo que desempenham funções antioxidantes, e que são influenciadas por fatores como alimentação, estresse e sono. Com o avançar da idade, essa produção endógena diminui.
  • Exógenos: são vitaminas e sais minerais que vêm da dieta e que atuam como antioxidantes no organismo, sendo os principais as vitaminas A, C, E, os flavonoides, os carotenoides, o licopeno, o cobre, o zinco e o selênio.

Além de agirem no combate ao envelhecimento cutâneo, essas substâncias também protegem a pele de agentes agressores externos como a poluição, a radiação infravermelha e a fotossensibilidade.

Uma alimentação equilibrada fornece mais antioxidantes do que estimula a produção de radicais livres, contribuindo para a saúde e para o retardo do envelhecimento.

A seguir vamos dar uma conferida em alguns alimentos que são conhecidos por sua ação antioxidante:

Vinho

Aquele vinho que acompanha um bom jantar não é mais vilão já faz algum tempo, cada vez mais seu poder de auxiliar a saúde está sendo comprovado.

A uva componente principal do vinho contribui com substâncias de efeito antioxidante, que são comprovadamente favoráveis a nossa saúde.

Sem contar que foram encontrados compostos fenólicos no vinho que possuem fortes propriedades antioxidantes que podem ajudar a prevenir o fechamento das artérias e perigosas coagulações internas do sangue.

E como se já não fosse o suficiente o vinho também pode ajudar pessoas que sofrem com o ressecamento de pele, o vinho tinto seco especialmente contém alta concentração de ácidos alfa-hidroxi, como o ácido cítrico, tartárico e málico, muito úteis para restaurar a umidade natural da pele e dando uma textura mais macia e suave.

Beba com moderação.

 

Abacaxi

Consumido in natura, em sucos ou em sobremesas, na quantidade certa ele pode oferecer inúmeros benefícios para a saúde.

A bromelina (extrato que contém enzimas proteolíticas*) suaviza a pele e tem sido usada para combater inflamações como a acne.

O abacaxi é um poderoso antioxidante que combate os danos dos radicais livres melhorando assim cabelos, pele e unhas.

É um excelente remédio caseiro para pele com lesões e para reduzir manchas de idade já que contém enzimas que compõem a elasticidade da pele.

Caprichem no abacaxi, nesse verão essa fruta pode ser muito refrescante e uma fatia de 100 gramas quatro vezes por semana já vai te ajudar muito!

*são enzimas que efetuam a quebra de proteínas em moléculas menores.

Açafrão ou cúrcuma

A especiaria é lotada de curcuminoides, compostos com ação anti-inflamatória e anti-idade.

O Centro Médico da Universidade de Maryland destacou que os antioxidantes presentes na cúrcuma combatem radicais livres causadores de câncer, reduzindo ou prevenindo os danos que eles podem causar no nosso organismo. Além das propriedades anticancerígenas, o composto também é um poderoso anti-inflamatório em articulações (ex: artrite)

Uma boa dica para quem almoça fora é, leve um potinho com o tempero e salpique sobre o arroz com feijão.

Hora de passar vontade!

Podemos ver como a alimentação é um incrível aliado na hora de combater o excesso de radicais livres presentes no nosso organismo.

Para vocês não me falarem que a alimentação com tanta variedade se torna algo inviável, deixo para vocês uma receita de dar água na boca! Essa receita engloba ingredientes, que hoje aprendemos sobre seus benefícios.

Chutney de abacaxi com cúrcuma

Ingredientes

  • 2 c. sopa de óleo de coco
  • 1 xícara de cebola roxa picada
  • 1 abacaxi picado em cubos
  • ¼  xícara de passas
  • ¼ xícara de damasco seco
  • 2 c. sopa de mel
  • 2 c. sopa de vinagre de maçã
  • 1 c. chá de cúrcuma
  • 2 c. chá de gengibre ralado
  • Pimenta dedo de moça picada (opcional)

Modo de fazer

Refogue a cebola no óleo de coco, até ficar translúcida. Junte o abacaxi e misture bem. Acrescente o restante dos ingredientes e cozinhe, mexendo ocasionalmente, para não queimar o fundo da panela. Retire do fogo quando engrossar. Coloque em vidros esterilizados e tampe ainda quente.

E ai pessoal, gostaram do tema de hoje? Mandem ideias para que sempre possamos continuar escrevendo e informado vocês com assuntos atuais!

Até semana que vem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, quer fazer seu pedido?