Integral x Refinado

arroz integral grãos refinados grãos integrais alimentos integrais
Compartilhe
70 / 100 SEO Score

Olá pessoal, como vocês estão? Hoje o nosso papo vai ser bem gostoso, vamos conversar um pouco sobre a diferença entre os alimentos integrais e refinados. Vamos ver quais as diferenças, porque e quando devemos optar por um ou pelo outro.

Muito comum a dúvida entre as pessoas, do porque consumir um alimento integral, já que o refinado e o integral apresentam basicamente a mesma quantidade de calorias. Pois é pessoal, nem tudo na vida são baseados apenas nas calorias. Vamos entender melhor a complexidade da diferença entre esses dois tipos de alimentos.

Grão integral

O alimento integral é aquele que mesmo com a industrialização não tem a sua estrutura modificada e a concentração de minerais e vitaminas é maior nas cascas, onde estão também compostos importantes como as fibras. No nosso corpo não é tão fácil para o organismo digerir as fibras, esse processo é muito bom, pois nos ajuda com o processo de demora para sentir fome.

Outra grande e importante vantagem é que o açúcar do alimento é liberado aos poucos na corrente sanguínea, ou seja, alimentos integrais possuem baixo índice glicêmico. Quando comemos um alimento rico em fibra sentimos que esse alimento “mata a fome” por mais tempo. Isso é ótimo para pessoas com Diabetes ou até mesmo para prevenir essa doença.

Nós temos diversas opções de alimentos integrais nos supermercados como pães, massas, cereais, aveia, granola, farinha, biscoitos, cookies. Apresentam sabores diferentes, mas com o tempo o paladar vai acostumando, mesmo parecendo ser a resolução dos nosso problemas,os alimentos devem ser consumidos na quantidade adequada. Não podemos esquecer que esses alimentos são carboidratos, que em excesso viram gordura no nosso corpo.

Benefícios dos alimentos integrais

As fibras geram saciedade, pois absorvem água e formam um gel, que permanece mais tempo no estômago, auxiliando no emagrecimento. As fibras, quando combinadas com dieta pobre em gorduras, ajudam a reduzir a taxa de LDL.

No intestino, as fibras absorvem as moléculas de gordura e produzem compostos, que normalizam a síntese de colesterol pelo fígado. Também promovem a liberação mais lenta e constante de glicose, ajudando a regular os níveis de açúcar no sangue. Esse efeito é particularmente benéfico para os diabéticos.

Refeições ricas em fibras exigem uma melhor mastigação, o que torna a digestão mais fácil, com nutrientes mais bem aproveitados. Fibras dão volume ao bolo fecal, facilitando sua passagem pelo intestino, evitando a prisão de ventre.

DICA: Importante lembrar pessoal  que para as fibras cumprirem o seu papel no organismo, é necessária a ingestão de bastante líquido. Recomenda-se pelo menos 2 litros de água diariamente.

Grãos Refinados

O alimento refinado é aquele que no processamento industrial sofre transformações em sua estrutura através da retirada de algumas partes do grão como película e germe. Assim, também acabam perdendo fibras, vitaminas e minerais. Quando um cereal é manipulado, ele fica rico em amido, mas perde propriedades, como já foi dito acima, perdem a maior parte das proteínas, minerais, vitaminas e fibras presentes em sua casca.

O consumo excessivo de alimentos refinados causam o aumento de peso corporal, carências nutricionais, esse aumento e decorrente da sua falta de fibra fazer com que ele se tornem mais facilmente digerido, não ficam por muito tempo no estômago, logo não trazem a sensação prolongada de estar satisfeito. Por esse mesmo motivo, apresentam maior índice glicêmico, aumentando os níveis de glicose do sangue, favorecendo o aumento de peso e a carência por nutrientes.

Importante! Crianças 

Quando iniciamos a alimentação infantil sempre temos a preocupação de ter a melhor condição possível. Após os seis meses, a criança entra para a fase de transição alimentar e começa a ingerir alimentos.

Sabendo que os grãos integrais são mais saudáveis, teoricamente o pensamento seria  oferecer a criança, porém, há alguns componentes dos grãos integrais que contêm ácido fítico e podem prejudicar o organismo infantil, por isso é recomendado iniciar a alimentação integral a partir de 1 ano de vida, quando a criança já participa de toda a alimentação da casa e toda família pode se beneficiar com os produtos integrais.

Alimentos que contém grandes quantidades de ácido fítico causaram problemas de crescimento em crianças. O ácido fítico reduz a absorção de zinco do alimento. Ele é um dos principais compostos que atrapalham a sua absorção.

DICA

Os cereais integrais e feijões devem ser deixados de molho na água por 8 a 12 horas antes do cozimento. Despreze a água antes de cozinhar os grãos. Esse tempo é o suficiente para reduzir esse ácido do alimento deixando o zinco disponível para uma melhor absorção.

Agora para não perdermos o costume, uma receitinha de dar água na boca, para provarmos mais uma vez que comer saudável, não é comer sem graça!!

Macarrão integral com molho branco

½ pacote de massa integral
2 filés de peito de frango cortados em tiras já temperado (com sal, pimenta do reino e mostarda em pó)
½ brócolis tipo ninja separado em buquês
2 colheres (sopa) de azeite
2 dentes de alho triturados ou picados
1 colher (copa) suco de limão;
1/2 embalagem de creme de ricota;
Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Parmesão ralado

Modo de Fazer:
Cozinhe o brócolis de preferencia no vapor para conservar os nutrientes. Pique o menor que você puder e reserve. Cozinhe a massa pelo tempo indicado na embalagem e reserve.

Para o molho refogue o alho em uma colher de azeite, junte o brócolis, o suco de limão e o creme de ricota. Se ficar muito grosso, adicione um pouco da água do cozimento do macarrão e misture até ficar um molho cremoso. Tempere com sal e pimenta-do-reino.

Em uma frigideira adicione a outra colher de azeite e coloque o frango, sempre que a frigideira secar coloque pingos de água para soltar o fundo com o tempero, repita o processo até o frango ficar dourado. Na panela una o frango e o macarrão já escorrido, finalize com o queijo parmesão.

Gostaram da receita pessoal? Tentem fazer, vocês não vão se arrepender, fica muito saboroso, além de ser uma refeição completinha e bem leve.

O que acharam do tema de hoje? Foi esclarecedor? Como está o costume de vocês? Talvez possamos tirar o preconceito dos produtos integrais? Me conta aqui

Até semana que vem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá, quer fazer seu pedido?
Powered by